Publicado em 10/12/2014

Decisões tomadas na Assembleia Extraordinária 2014

Aos dezesseis dias do mês de novembro de Dois Mil e Quatorze, aconteceu a Assembleia Extraordinária do Cursilho de Cristandade da Diocese de Nova Iguaçu, no Cenfor. A Assembleia teve inicio às oito horas da manhã com o café da Manha. Logo em seguida Maria Gabriela orientou-nos na oração inicial, usando o guia do Peregrino. A assembleia iniciou-se com 27 cursilhistas participantes e 25 votantes. Daniel motivou a leitura do regimento da AE, que foi feito de forma partilhada, cada participante leu um item do documento. Nilda explicou que a motivação maior para a realização desta assembleia era a mudança do nome do movimento no Regimento Interno, já que há conflito com o nome do MCC na receita federal e no Regimento Interno. A Assembleia aprovou o documento, dando inicio a leitura do Regimento interno com a votação para as propostas de mudanças.

Foi aprovado por maioria de votos as seguintes mudanças:


O cabeçalho do Regimento Interno para Cursilho de Cristandade de Nova Iguaçu;


Capítulo II, art. 2°: Só poderá compor o GED fieis leigos tendo trabalhado em Cursilhos da Diocese de Nova Iguaçu durante os dois últimos anos;


Capítulo II, art. 2°, parágrafo 2° : Referente ao Mantenedor – A contribuição a que se refere o presente artigo terá valor mínimo de 1% do salário mínimo regional de acordo com a consciência do associado e deverá ser mensal. É uma contribuição livre e não isenta da contribuição com o dizimo nas paróquias da Diocese de Nova Iguaçu;

Capítulo II, art. 2°, parágrafo 3° - Os membros do MCC que, comprovadamente, não tenham meios para contribuir, ficarão isentos de fazê-lo, desde que encaminhado pela comissão de mantenedor e autorizados pelo GED.


No Capítulo II, art. 2°, parágrafo 5° - Para os cargos eletivos do GED, o candidato deverá ter pelo menos 36(trinta e seis) meses de contribuição como mantenedor e participação ativa no MCC.

Ainda no capítulo III, art. 5º- O MCC é coordenado pelo GED constituído pelos seguintes membros associados:


a- Coordenador;
b- Vice – Coordenador
c- Assessor Eclesiástico;
d- Assessores eclesiástico adjunto
e- 10 Secretário
f- 2° Secretario;
g- 1°Tesoureiro;
h- 2° Tesoureiro
i- Espiritualizador Leigo titular
j- Espiritualizador leigo adjunto
k- Coordenadores de Setores.
l- Representante Jovem;
m- Representante Jovem Adjunto;
n- Conselheiros;
o- Grupo de Apoio conforme o ART: 27.

No Capítulo III, art. 5°, parágrafo 2°- 0 Assessor Eclesiástico Diocesano titular deve ser um Presbítero (padre) por razões obvias e será homologado pelo BISPO DIOCESANO mediante a apresentação de três nomes escolhidos e apresentados pelo GED; 

No Capítulo III, art. 5°, parágrafo 2°- 0 Assessor Eclesiástico Diocesano titular deve ser um Presbítero (padre) por razões obvias e será homologado pelo BISPO DIOCESANO mediante a apresentação de três nomes escolhidos e apresentados pelo GED. 

§ 3° ° O Assessor Eclesial em comunhão com o GED indicará três Diáconos Permanentes que tenha feito Cursilho, para a função de Cooperador Eclesial, no qual o Bispo Diocesano irá homologar um para a presente função que é auxiliar o Assessor, os adjuntos e o GED no serviço necessário para o bom andamento do Cursilho em nossa Diocese.

Ainda no capítulo III, art. 5°, parágrafo 5° - São Conselheiros os 2 últimos ex-Coordenadores do GED que efetivamente estiverem integrados ao mesmo, cuja atuação se dará em nível consultivo. Perdem a condição de Conselheiro os membros que deixarem de participar da reunião do GED cujo calendário previamente publicado por seis meses consecutivos ou mais antigo quando houver mais de dois ex-coordenadores na função.


No Capítulo III, art. 5°, parágrafo 8°, letra: h- Aprovar o número de CURSILHOS anuais no âmbito da Diocese de Nova Iguaçu, elegendo os seus respectivos coordenadores e bases e aprovar os coordenadores e base apresentado pelos setores. 


Às dez horas e trinta minutos houve uma pausa para um lanche e onze horas retornamos com a aprovação por maioria dos votos dos seguintes itens:


No Capítulo V, o art. 9°, parágrafo 1° deverá ser analisado de acordo com o Estatuto Nacional do Cursilho de Cristandade;


No Capítulo V, o art. 15° foi retirado do documento;


No Capítulo VII, art. 21°, o caput foi alterado para: São estruturas administrativas que auxiliam o MCC e devem alcançar toda a Diocese principalmente as paróquias mais distantes. São subordinados ao GED e por isso devem seguir topas as suas orientações e normas. e toda e qualquer promoção ou atividade deve passar pela aprovação do GED incluindo o listão da coordenação da equipe dos cursilhos e a entrega do mesmo.


Ainda no capítulo VII, art. 21°, nas letras:


C- Coordenador e vice são eleitos na Assembleia Setorial e devem ser homologados pelo GED;


D - Tem autonomia de gerar e gerir receita financeira e promover eventos e devem prestar conta ao GED do referido evento.


H – Tem responsabilidade de contribuir financeiramente com o GED. Sendo 1% das promoções realizadas e mensalmente 10% do salário mínimo regional em vigor;


No Capítulo IX, art. 23°, parágrafo único: O GED deve promover pelo menos 2 encontro Diocesano a cada ano com os coordenadores dos núcleos de pós;


No Capítulo X, art. 27°: ART.27°- Este grupo será nomeado através de indicação do GED, e será composto por:


a- Coordenador da escola
b- Coordenadores de núcleo de pós Cursilhos
c- Coordenadores de Cursilhos
d- Coordenador de comissão jovem
e- Coordenadores de Mantenedores
f- Coordenadores de promoções


Ainda no Capítulo X, sobre a Comissão Jovem, art. 30°: Essa comissão terá as seguintes atribuições:


Parágrafo 1° - Será formada por 07(sete) cursilhistas, sendo coordenador e vice eleitos em Assembleia Diocesana do MCC e demais membros escolhidos pelos mesmo e aprovados pelo GED 30 dias após a posse dos mesmos que terá o mandato junto com a coordenação do GED. 


Parágrafo 2° A comissão será composta por 5 jovens que devem eleger dois cursilhistas acima de 30 anos para integrar a comissão, que será aprovado pelo GED.


No Capítulo XII, das modificações do regimento, art. 39°: O presente Regimento só poderá ser modificado em Assembleia com a presença mínima (1/3) um terço de todos os membros do GED ou (1/5) um quinto dos s membros associados mantenedores do MCC - Nova Iguaçu.


Às doze horas e vinte minutos, Nilda agradeceu a participação de todos. Daniel convidou para a Ultreia Natalina, que irá acontecer no dia 14 de dezembro, de oito às 12 horas no Centro Pastoral São Simão, situado na Rua Padre Egidio, 78, Lote XV – Belford Roxo. 


A Assembleia foi encerrada com a oração final orientado pelo João Cordeiro, espiritualizador do setor 2, Regional 5.

 

Nova Iguaçu; 16 de novembro de 2014.

 


Josenilda de Araujo Carmo

Coordenadora do GED – NI

CPF: 808538387-04

agenda
cursilho
nossos contatos

cursilhodecristandade.ni@gmail.com
(21) 2669-5815
/mccni
O que é o MCC?

O cursilho é um movimento eclesial de evangelização cristã, surgido na Igreja Católica, no seio da Ação Católica Espanhola do início do século XX.
Layout desenvolvido por:
Copyright ©2014 direitos reservados